Marília Mendonça é agredida no palco durante show e desabafa: ‘Eu não sou nenhuma cadela’


‘Eu não sou nenhuma cadela’, diz a artista após ser atingida por celular no palco.

O mundo das celebridades é realmente bem complicado. Algumas pessoas pensam que, pelo fato de elas estarem ganhando muito dinheiro, terem uma vida de qualidade, usufruírem do bom e do melhor, a vida dos famosos acaba sendo um mar de rosas, porém a verdade é que essas pessoas estão totalmente enganadas. Com exceção das regalias, a vida dos famosos é como a de qualquer outro mortal, em que se tem de trabalhar muito para poder viver bem.


Durante a carreira dos mais diversos artistas, muitas vezes, acabam acontecendo cenas inusitadas e algumas dessas envolvem até acidentes provocados pelos próprios fãs. Amplamente divulgados pelos mais variados sites, diversos casos em que artistas acabam sendo vítimas de seus fãs revelam consequências que deixam marcas permanentes, que fazem com que os artistas desabafem de forma franca com os fãs.

Marília Mendonça é agredida por fã durante show e não deixa barato

Recentemente, a cantora Marília Mendonça foi vítima de mais uma atitude inusitada de um fã. Ela acabou sendo agredida quando se apresentava em um show na cidade de Iturama, Minas Gerais. Ela, que é uma referência no mundo da música sertaneja, estava terminando de cantar uma de suas canções de sucesso quando foi surpreendida por um rapaz que jogou um celular em direção a ela. Ela não esperava, nem ao menos notou o momento, e acabou sendo atingida no rosto e nas mãos.

Vale ressaltar que a atitude do fã é bem comum em shows de grandes artistas, em que se joga o próprio celular para o ídolo pegar a fim de que ele possa tirar uma selfie e depois devolver o aparelho para o fã que o jogou como forma de carinho. Porém, neste caso com Marília Mendonça, o fã acabou agindo de modo inesperado e não avisou a cantora que iria jogar o aparelho.

Chateada com o acontecido, Marília acabou fazendo um desabafo, dirigindo-se ao rapaz e dando-lhe uma baita lição de moral perante todos os participantes do evento, que a aplaudiam a cada frase proferida para o dono do celular. “Eu preciso falar mais alguma coisa? Eu preciso falar que isso é falta de respeito?”, disse Marília.

Ela continuou seu sermão, afirmando que tinha saído da cidade onde estava, com amor e vontade de cantar para aquele público, porém não teria saído para apenas ser fotografada como um produto, mas que estava ali para valorizar cada ingresso pago e fazer o que todos queriam que ela fizesse, que era cantar.

Ela finalizou dizendo que, além de o rapaz não estar cantando junto ao público, ele ainda teria tomado uma atitude totalmente desnecessária ao atirar o celular sobre o seu rosto. “Não sou nenhuma cadela, estou aqui trabalhando. Por favor, me respeite como estou te respeitando. Obrigada”, completou. Após o ocorrido, ela deu continuidade ao show.

Assista ao vídeo: